Top Ad unit 728 × 90

Quem está comprando de mim? São consumidores ou são clientes?



Na comunicação, de nada adianta criar algo extremamente criativo e inovador se não servir para alguma coisa. Isso significa que ter o objetivo em mente é o inicio de um processo criativo.

Através da leitura do livro, Marketing no varejo de Eliane Doin e Edson Paes Sillas, fica mais evidente a importância de ter um foco.

“O varejista precisa ter muito bem definido qual é o seu público-alvo e procurar conhecê-lo nos mínimos detalhes, dedicando então a superar suas expectativas, surpreendê-lo e encantá-lo sempre. Trata-se de estreitar relacionamentos para que o cliente seja um defensor da marca da empresa ou da loja.” (2007)

Conhecer é a palavra-chave para se obter o sucesso. Um grande exemplo disso é uma palestra, quando se conhece o público, a esplanação é mais eficiente, atingindo sem erro os ouvintes. O conteúdo é muito importante, mas saber se este conteúdo é útil para as pessoas que irão compartilhar está informação é mais importante ainda.

Relação palestra com conhecer seu cliente.


No varejo, é constatado que conhecer o cliente, e trabalhá-lo na individualidade é muito mais vantajoso do que atirar para todos os lados e não alcançar ninguém.

Eliane em seu livro descreve muito bem isso. Associando a uma metáfora.

“ Você estando á procura de água, em um sítio onde não há água encanada, o que você prefere?
1º Cavar 20 poços de 1 metro cada um?
2º Cavar um único poço de 20 metros?
A maior possibilidade de encontrar água é cavar um único poço com 20 metros de profundidade. Com sorte, você não precisará nem cavar os 20 metros.” (2007, pág.44)


Conhecendo os seus cliente, e focando as ações de marketing sobre este mercado-alvo, as chances de ter clientes fidelizados e satisfeitos é muito maior. Ter foco não é difícil, o principal obstáculo é entender que o mais importante é atingir o público-alvo.

Existe uma diferença entre cliente e consumidor. Cliente é aquele que seu comportamento de compra esta ligado com a empresa, uma pessoa que vê o valor da instituição, que se senti a vontade. Já, consumidor é aquele que por alguma ocasião ou situação comprou no seu estabelecimento.

Um exemplo é a empresa Harley-Davidson de motos, seu público são pessoas de alto poder aquisitivo, aventureiras, que gostam de comodidade e estilo próprio. Suas ações de marketing são focadas para este público, mas nada impede de qualquer pessoa comprar um Harley.

Entender quem é cliente e quem é consumidor faz com que a percepção de público fique mais fácil. Coisas chaves como comportamento e afinidade com a marca, merecem ser levadas em consideração no momento da escolha de um público-alvo.



Por fim, a comunicação só é eficiente e útil, quando se sabe para quem se deve comunicar. E para isso é preciso parar, planejar e alinhar as estratégias da empresa com base sempre no seus clientes.

“Toda atividade varejista deve ter como foco o cliente e dessa forma, dirigir ações de marketing que entendam e atendam as suas necessidades e os seus desejos, de modo a construir relações de logo prazo. (2007, pág. 48)
Quem está comprando de mim? São consumidores ou são clientes? Reviewed by Unknown on 18:30:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados Blog da +e2 © 2015 - 2016
Powered By Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.